NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Punta de Lobos
Locais salvam o pico
Por Redação Waves em 14/11/17
Ramon Navarro e fundação local vencem guerra contra especulação imobiliária em Punta de Lobos, Chile.
1280x853
Visual paradisíaco dos cliffs de Punta de Lobos será mantido intacto. Foto: Divulgação.

 

Em um raro caso de vitória da preservação contra a especulação imobiliária, o big rider Ramon Navarro e a Fundação Punta de Lobos conseguiram salvar o pico das garras de empresas que queriam construir prédios de até 7 andares nos cliffs que marcam a paisagem local.

 

A batalha de quatro anos foi liderada por Ramon Navarro em um dos locais mais clássicos do big surfe mundial. Localizada na cidade de Pichilemu, a praia de Punta de Lobos vivia sob a ameaça da especulação imobiliária desde 2013, quando autoridades locais sinalizaram aprovar um grande empreendimento nos cliffs do pico.

 

Ramon Navarro criou uma rede de surfistas, ambientalistas e empresários para salvar o local e com sua influência conseguiu arrecadar fundos para comprar o terreno ameaçado. Agora, ele será transferido para a Fundação Punta de Lobos, cujo objetivo é melhorar a área e prevenir futuros empreendimentos.

 

1708x1080
Nem só de ondas grandes vive o famoso pico chileno. Esquerdas limpas e manobráveis também costumam dar as caras. Foto: David Nagamini.

 

"A coisa mais importante é o que este lugar será para as gerações futuras", diz Ramon ao site Magicseaweed. "Quero que meu filho possa desfrutar desse lugar asism como eu fiz. E nessa batalha aprendi que qualquer coisa é possível", comenta.

 

"Para mim, esse trabalho é sobre deixar um legado, e o único caminho para isso é sendo um exemplo e protegendo esses lugares que me deram tantas memórias. Como surfista, campeonatos e troféus são bons para o ego, mas salvar uma onda é para sempre", completa Ramon.

 

O empresário local Nicholas Davis, simpatizante da campanha, foi fundamental para o sucesso ao comprar 25% do terreno e interromper os planos de desenvolvimento. Davis ocupou o imóvel sob o acordo de vendê-lo apenas à Fundação Punta de Lobos quando eles tivessem o dinheiro para isso.

622x415
Ramon Navarro vence batalha que durou quatro anos para preservar o pico. Foto: Ricardo Alves.

 

Com a ajuda da marca Patagonia e de outras fundações, a galera conseguiu enfim comprar a propriedade, que será entregue à Fundação em breve, protegendo o pico para sempre.

O objetivo da Fundação Punta de Lobos é simples: criar um plano diretor que irá proteger o local de qualquer desenvolvimento desenfreado, melhorar a biodiversidade, preservar o surfe e a pesca, sempre em sintonia com os interesses da comunidade local.

Veja também
Mongaguá

Mongaguá

Tubarão preso em rede

Mushroom Rock

Mushroom Rock

Pico em alerta

Reserva Mundial do Surfe

Reserva Mundial do Surfe

Noosa entra na lista

Jalama Beach

Jalama Beach

Pico novo na Califórnia (EUA)

Lixo nos oceanos

Lixo nos oceanos

Especialistas buscam soluções

À la Fanning

À la Fanning

Britânico escapa de tubarão

Regência

Regência

Rio Doce entra na Justiça

Montão de Trigo

Montão de Trigo

Barco espalha o caos

Praia da Macumba

Praia da Macumba

Ressaca sem fim

Praia da Macumba

Praia da Macumba

Prefeitura avalia estragos

Garota de Ipanema

Garota de Ipanema

Mutirão limpa o Parque

Garrafas PET

Garrafas PET

IGM dá o exemplo

Dia Mundial de Limpeza

Dia Mundial de Limpeza

Guarita livre do lixo

Rip Curl Planet Day

Rip Curl Planet Day

Galera dá o exemplo

Ilha de lixo

Ilha de lixo

Protesto no Pacífico