NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Jeri Longboard Festival
Tradição no Ceará
Por George Noronha em 07/06/17
Pequenas ondas e grandes momentos marcam a terceira edição do Jericoacoara Longboard Festival.
Hiago Cassiano, terceira edição do Jericoacoara Longboard Festival. Foto: Monique Melo.
Hiago Cassiano, terceira edição do Jericoacoara Longboard Festival. Foto: Monique Melo.

Em sua terceira edição, o Festival de Longboard de Jericoacoara seguiu com a tradição de ser o evento dos pranchões mais alto astral do Ceará. E não é pra menos: lugar paradisíaco, gente bonita, ondas perfeitas e muita vibe. Esses foram apenas alguns dos ingredientes que permearam a grande festa dos pranchões cearense, que reuniu quase 100 participantes divididos em oito categorias - cinco de longboard e três de SUP.

 

Os trabalhos tiveram início no sábado (27/5) com a cerimônia das águas, o ritual Auêra -Auára Jericoacoara, celebração em que os surfistas reafirmam seu compromisso com o cuidado e proteção do meio ambiente e dão as boas-vindas aos visitantes através de um ritual onde as águas de cada lugar de origem dos participantes são despejadas numa ânfora ritualística, enquanto são proferidas pelo Sacerdote “Muyu-Yararupi”, mais conhecido como Marcelo Bibita, e repetidas pelos participantes, palavras de comprometimento com as águas do nosso planeta.

 

Além do manifesto das águas, outras atividades fizeram parte do festival como roda de capoeira e a emocionante troca de colares havaianos, onde os participantes ofereciam aos amigos os famosos colares polinésios, adornando um dos mais belos espetáculos do surfe, abrindo assim, sob a influência das boas energias emanadas por todos e a força da Lua Nova, o III Jericoacoara Longboard Festival.

 

Disputas acirradas - Os primeiros a entrar na água foram os competidores da categoria Casa do Ângelo/Sakapraia Long Open Masculino, onde 24 atletas puderam mostrar o que há de melhor na cena atual dos longboards, saindo da água apenas após o pôr do sol.

 

Destaque para a proximidade entre as ondas e o público, característica que faz com que a pressão nos atletas e a euforia dos expectadores exalem um clima todo especial. A cada onda surfada, gritos e assobios de incentivo eram ouvidos e a adrenalina fluía pelo ar. E em vários momentos as maiores estrelas foram os “técnicos” na beira da praia, que faziam questão de chamar atenção de seus favoritos quanto ao posicionamento e remada. Gritos de alegria ou sussurros de decepção se alternavam o tempo inteiro em uma vibração única.

 

Este era o som de fundo que, contrastando com a serenidade do pôr do sol sob as águas do mar de Jericoacoara, criaram um ambiente de união, diversão e interatividade durante os dois dias da competição.

 

No segundo e último dia de competição, confirmando as previsões, uma ondulação de norte assegurou as disputas em ondas que, apesar de pequenas, eram de excepcional qualidade, proporcionando em média 100 metros de extensão sobre a rasa bancada.

 

Depois de muitas batalhas, os campeões foram definidos com a hegemonia dos surfistas locais, que levaram seis das oito categorias em disputa, mostrando que a evolução dos nativos e o conhecimento da onda fazem grande diferença.


As finais - Na principal categoria, Casa do Angelo/Sakapraia | Categoria Long Open Masculino, o grande campeão foi o talentoso atleta da nova geração local, Vitinho (17), que mostrou um variado repertório de manobras no bico de sua prancha para conseguir o maior somatório, 17.7, e maior nota do evento, 9.2, deixando em segundo Marcelo Bibita. O campeão cearense 2016, Jonhy Quest, terminou na terceira colocação, e completando o pódio o estiloso Adrian Pardo, que não conseguiu repetir as boas atuações das fases anteriores.

 

Na categoria Pousada Nosso Lar/Sakapraia | Long Open Feminino, a grande vencedora foi a atleta Carol Lina. Com um estilo clean e muito conhecimento da onda, ela superou a campeã do ano passado, Marine Fernandes, Jaquel Sampaio e Vanessa Lima, que ficaram na 2ª, 3ª e 4ª colocações - respectivamente.

 

No Santa Batata/Sakapraia | Categoria Sup Wave Open Masculino, o grande campeão foi Renato Melo, que conseguiu impor seu surfe radical mesmo numa hora de mar difícil, para superar o carioca Zé Melo, o experiente Paulo Marcelo e o estreante na categoria Alexandre Dantas, que não se intimidou com sua estreia, chegando até a final.

 

Na Dona Amélia/Sakapraia | Sup Wave Open Feminino, a grande campeã foi a favorita Marine Fernandes, que achou as melhores ondas para superar a campeã do ano passado, Jaquel Sampaio (que vinha se recuperando de uma recente cirurgia), seguida das representantes da nova geração do SUP cearense, Flora Arruda e Kilvia Cardoso. Completando o pódio, tivemos Caroline na quinta colocação.

 

Na categoria Picolés Pardal/Sakapraia | Long Iniciante Feminino, a grande campeã foi Magda, que com uma onda incrível conseguiu superar nos minutos finais a favorita, Vanessa Lima, que vinha surfando muito durante o evento, mas não encontrou ondas na final para mostrar toda sua classe nas longas ondas de Jeri. Completaram o pódio Thais Farias, que vem em franca evolução, e a convidada especial Nataly.

 

Na categoria Clubeventos / Sakapraia | Long Super Master, Marcelo Bibita conquistou o bicampeonato, seguido por Petrônio Tavares, que definitivamente aderiu aos longboards, seguido do estreante na categoria Júlio Cesar e o icônico Celso Padim.

 

Na categoria Pranchão/Sakapraia Iniciante Masculino, Hiago Cassiano, de apenas 16 anos, foi o grande campeão, mostrando que Jericoacoara continua produzindo uma bela safra de talentosos representantes no longboard, seguido de Ryan, João Pedro e Guilherme Giuliano.

 

Na categoria Naturalmente Jeri/Sakapraia | Sup Wave Master (+45), a experiência e boa fase de Henrique Steindorfer fizeram a diferença para vencer seus adversários. Na segunda colocação ficou Yan Frances, que mostrou muito estilo e garra. Já Rogério Bessa, que ficou na terceira colocação, estava num estado de graça, curtindo toda aquela vibração de estar em Jericoacoara numa final só com os amigos na água.


Para Marcelo Bibita, organizador do Festival, a energia que fluiu durante o evento, o empenho da comissão técnica, a união e o apoio do poder público através da Secretaria de Politicas Públicas para a Juventude, do Governo do Estado do Ceará, a participação da Sakapraia Surf Wear e de todos os apoiadores foi fundamental para o sucesso do evento. Agora é agradecer a todos e já dar início aos preparativos para que no ano que vem a festa seja ainda maior.

Resultados finais

 

Long Open Masculino


1 Vitinho
2 Marcelo Bibita (Pranchão surfshop)
3 Jonhy Quest
4 Adrian Pardo

 

Long Open Feminino


1 Carol Lina
2 Marine Fernandes
3 Jaquel Sampaio
4 Vanessa Lima

 

Sup Wave Masculino


1 Renato Melo
2 Zé Melo
3 Paulo Marcelo
4 Alexandre Dantas

 

Sup Wave Feminino


1 Marine Fernandes
2 Jaquel Sampaio
3 Flora Arruda
4 Kilvia Cardoso
5 Caroline

 

Long Iniciante Feminino


1 Magda
2 Vanessa Lima
3 Thaís Farias
4 Carolyne


Long Super Master


1 Marcelo Bibita
2 Petrônio Tavares
3 Julio Cesar
4 Celso Padin

Long Iniciante Masculino


1 Hiago Cassiano
2 Ryan
3 João Pedro
4 Guilherme Giuliano

Sup Wave Master


1 Henrique Steindorfer
2 Yan Francês
3 Rogerio Bessa

Veja também
Taiwan Open

Taiwan Open

Fotos das finais

Taiwan Open

Taiwan Open

Jensen leva o tri

Taiwan Open

Taiwan Open

Phil na semi

Taiwan Open

Taiwan Open

Fotos das finais

Taiwan Open

Taiwan Open

Blomfield levanta a taça

Taiwan Open

Taiwan Open

Brasileiros pegam ritmo

Taiwan Open

Taiwan Open

Chloé rumo ao título

Taiwan Open

Taiwan Open

Pranchões decidem temporada

Biruzera Longboard

Biruzera Longboard

Festival valoriza o clássico

Surf Relik

Surf Relik

Chloé sobe ao pódio

Surf Relik

Surf Relik

Pranchões duelam nos EUA

Brasileiro de Longboard

Brasileiro de Longboard

Bahia fatura o caneco

ISA World Longboard

ISA World Longboard

Pranchões vão à China

Paranaense de Longboard

Paranaense de Longboard

Matinhos abre a temporada

Mundial de Longboard

Mundial de Longboard

Taiwan decide temporada

Huanchaco Longboard Pro

Huanchaco Longboard Pro

Dobradinha verde-amarela