NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Azores Pro
Ian Gouveia vence QS 6000
Por Redação Waves em 10/09/16
Ian Gouveia é campeão do Azores Pro 2016.
1600x1066
Ian Gouveia comemora vitória em Açores. Foto: © WSL / Masurel.

 

O brasileiro IanGouveia e a francesa Justine Dupont são os vencedores do Azores Pro 2016, QS 6000 da World Surf League, encerrado neste sábado (10/09) na Praia de Monte Verde, Ilha de São Miguel, em ondas de até 1,5 metro.

 

Para vencer, Ian derrotou o havaiano Ezekiel Lau na final do evento por 12.53 a 9.10 pontos, ao usar a estratégia correta de investir em diversas ondas durante a bateria, independente da qualidade delas, para além da nota principal garantir uma boa nota de backup, somando 7.60 e 4.93.

 

Aos cinco minutos depois do início da bateria decisiva, o brasileiro conseguiu escolher uma onda de boa qualidade, mesmo sem estar com a prioridade. Com três boas manobras, Ian Gouveia já garantiu de início a melhor nota da bateria e selou a vitória definitiva a um minuto do término.

 

1600x1066
Ian Gouveia investe no surfe tradicional e ataca as seções críticas das ondas com consistência. Foto: © WSL / Masurel.

 

"Estou amarradão por ter conseguido manter um ritmo bom. Depois da final em Pantin na semana passada (QS na Espanha), eu não poderia estar mais feliz com uma vitória aqui. É uma sensação surreal e esta é a maior vitória da minha carreira. Com certeza irá mudar o restante da minha temporada. Estou acostumado a lutar para me manter no Top 100 e agora talvez eu consiga batalhar para uma qualificação no CT. Isso seria incrível", analisou Ian Gouveia.

 

"Eu tentei fazer o meu jogo e capitalizar todas as oportunidades que apareceram. Se eu tivesse encontrado alguma seção boa para mandar um grande aéreo, com certeza teria tentado, mas as ondas estavam pedindo manobras mais tradicionais e foi divertido também. Meu objetivo agora é manter o mesmo ritmo e fazer um bom resultado em Cascais. Não há agradecimentos suficientes para a minha família e meus amigos que me apoiaram aqui, assim como todos os caras daqui. Somos um agrande famíia e ótimo tê-los comigo", finalizou Ian Gouveia.

 

1600x1066
Yago Dora fica com a quinta colocação. Foto: © WSL / Masurel.

 

Na finais do Feminino, Justine Dupont e Brisa Hennessy trataram de pegar todas as ondas que apareceram no início da bateria, para não correrem o risco de as ondas desaparecerem, como aconteceu em baterias anteriores, mas quem levou a melhor foi a francesa, que venceu por 13.50 a 12.13 pontos.

 

"Estou super feliz por vencer novamente hoje, pois esta vitória me trará bons pontos, que me ajudarão no restante da temporada, além de isto ser ótimo para a minha confiança. Comecei o ano bem, mas fui mal no meio da temporada. Agora estou treinando com um técnico que ajuda a fortalecer o meu psicológico e desde então não tive nenhum resultado pior do que quartas de final. Acredito que estou ficando mais forte e consistente", revelou Justine Dupont.

 

1600x1066
Justine Dupont sobe ao pódio ao lado de Ian Gouveia. Foto: © WSL / Masurel.

 

Confira os highlights das finais:

 

 

 

Resultados do Azores Pro 2016:

 

969x773
958x234
 

G-10 do WSL Qualifying Series - após 39 etapas:


1 Leonardo Fioravanti (ITA) - 20.750 pontos
2 Connor O´Leary (AUS) - 16.825
3 Ethan Ewing (AUS) - 16.500
4 Joan Duru (FRA) - 14.880
5 Kanoa Igarashi (EUA) - 14.800 com vaga nos top-22 do CT
6 Ezekiel Lau (HAV) - 14.200
7 Evan Geiselman (EUA) - 13.800
8 Deivid Silva (BRA) - 12.680
9 Ian Gouveia (BRA) - 11.860
10 Bino Lopes (BRA) - 11.610
11 Ryan Callinan (AUS) - 10.750
----------próximos sul-americanos até 100:
12 Tomas Hermes (BRA) - 10.250 pontos
14 Filipe Toledo (BRA) - 10.000
14 Michael Rodrigues (BRA) - 10.000
21 Santiago Muniz (ARG) - 8.625
26 Krystian Kymerson (BRA) - 7.880
37 Adriano de Souza (BRA) - 6.500
43 Jessé Mendes (BRA) - 5.860
45 Lucas Silveira (BRA) - 5.655
47 Yago Dora (BRA) - 5.540
48 Willian Cardoso (BRA) - 5.400
49 Heitor Alves (BRA) - 5.370
54 Victor Bernardo (BRA) - 5.250
57 Hizunomê Bettero (BRA) - 5.050
61 Marco Giorgi (URU) - 4.760
62 Marco Fernandez (BRA) - 4.725
68 David do Carmo (BRA) - 4.500
77 Samuel Pupo (BRA) - 4.090
81 Luel Felipe (BRA) - 3.950
85 Messias Felix (BRA) - 3.670
87 Robson Santos (BRA) - 3.650
93 Thiago Camarão (BRA) - 3.400
96 Leandro Usuna (ARG) - 3.385
97 Rafael Teixeira (BRA) - 3.365

 

G-6 do WSL Qualifying Series Feminino - após a 26 etapas:


1 Nikki Van Dijk (AUS) - 16.400 pontos e com vaga no G-10 do CT
2 Malia Manuel (HAV) - 16.250 com vaga no G-10 do CT
3 Bronte Macaulay (AUS) - 15.300
4 Sage Erickson (EUA) - 13.550 com vaga no G-10 do CT
4 Keely Andrew (AUS) - 13.550
6 Silvana Lima (BRA) - 12.800
7 Laura Enever (AUS) - 11.250
8 Coco Ho (HAV) - 11.050
9 Pauline Ado (FRA) - 10.540
-------próximas sul-americanas até 100:
13 Dominic Barona (EQU) - 9.000 pontos
34 Anali Gomez (PER) - 4.200
53 Melanie Giunta (PER) - 3.235
56 Sofia Mulanovich (PER) - 2.920
58 Nathalie Martins (BRA) - 2.868
72 Lorena Fica (CHL) - 2.346
95 Karol Ribeiro (BRA) - 1.720
99 Leilani Vizquerra Aguirre (PER) - 1.645

 

Mais 28 sul-americanas pontuaram no QS 2016.

 
 
 
Veja também
QS Feminino

QS Feminino

Marks e Hareb na elite

WSL South America

WSL South America

Anali é tri

Roxy

Roxy

Yoga em alta na Barra (RJ)

QS Feminino

QS Feminino

Galeria da Barra

QS Feminino

QS Feminino

Camila Cassia leva a melhor na Barra (RJ)

QS Feminino

QS Feminino

Favoritas avançam na Barra

QS Feminino

QS Feminino

Mulheres valorizadas no Rio

QS Feminino

QS Feminino

Vento paralisa estreia

Instituto Gabriel Medina

Instituto Gabriel Medina

Meninas buscam evolução

QS Feminino

QS Feminino

Nações reunidas na Barra (RJ)

QS Feminino

QS Feminino

Inscrições prorrogadas

QS Feminino

QS Feminino

Circuito volta ao Rio

Barra da Tijuca

Barra da Tijuca

Mulheres em peso

Pichilemu Women's Pro

Pichilemu Women's Pro

Leilani triunfa no Chile

Pichilemu Women's Pro

Pichilemu Women's Pro

Meninas encaram as bombas

Pichilemu Women's Pro

Pichilemu Women's Pro

QS inicia no Chile