NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Ballito Pro
Jessé brilha na estreia
Por Redação Waves em 03/07/17
Atual líder do QS, Jessé Mendes registra maior somatório do dia em Ballito; Thiago Camarão e Krystian Kymerson também jogam duro.
Jessé Mendes, Ballito Pro 2017, África do Sul. Foto: © WSL / Cestari.
Jessé Mendes, Ballito Pro 2017, África do Sul. Foto: © WSL / Cestari.

Nesta segunda-feira, foram disputadas a primeira fase e as quatro baterias iniciais do round seguinte do Ballito Pro, QS10.000 da World Surf League que acontece na África do Sul.

Líder isolado do ranking, o brasileiro Jessé Mendes foi o grande destaque do dia, somando notas 8.50 e 8.00 para registrar 16.50 pontos em 20 possíveis.

No mesmo confronto, o japonês Hiroto Ohhara ficou com a segunda vaga e eliminou o sul-africano Richard Kidd e o brasileiro Robson Santos.

Também já se adiantaram à terceira fase o capixaba Krystian Kymerson e o catarinense Alejo Muniz.

Kymerson arrancou uma 9.00 dos juízes e avançou atrás do sul-africano Michael February, apesar de não conseguir descartar sua segunda melhor nota (3.83). Em terceiro ficou o top português Frederico Morais, seguido por Jorgann Couzinet, da Ilha Reunião.

Já Alejo somou 4.30 e 6.10, ficando em segundo lugar no duelo vencido pelo francês Jeremy Flores, autor de 6.50 e 5.43. O pernambucano Luel Felipe começou bem a bateria, com 5.50, mas cometeu interferência em sua segunda onda.

 

Luel fez 5.53 no decorrer do confronto e a sua pontuação integral o garantiria no próximo round, caso não tivesse cometido interferência. O atleta caiu junto com o espanhol Gony Zubizarreta, terceiro.

Ao término da batalha, Alejo comentou a classificação. "Nessa bateria, minha estratégia foi fazer duas notas regulares rapidamente para começar. Mas havia muitas ondas vindo e não sabia qual pegar, então não consegui encontrar as ondas no início", falou Alejo, campeão da etapa em 2014.

 

"Foi muito estressante e eu estava precisando de uma nota muito pequena, apenas um 4, então quando faltavam cinco minutos para acabar eu falei a mim mesmo para esperar por uma onda com duas manobras, e estou feliz por ter dado certo!", comemorou o catarinense.

Ainda pela segunda fase, Deivid Silva foi o terceiro colocado no duelo com os franceses Charly Martin, de Guadalupe, e Marc Lacomare.

Antes da estreia de alguns dos principais cabeças de chave, foram disputadas as baterias da primeira fase. Além de Luel - que passou pela estreia, mas foi eliminado no round 2 -, o Brasil teve as classificações de Thiago Camarão e Flavio Nakagima, além de Vicente Romero e Pedro Henrique, que atualmente representam Espanha e Portugal, respectivamente.

Camarão teve uma das melhores performances do dia, obtendo 7.33 e 8.00 para atingir 15.33 pontos, segundo maior somatório do dia. Já Nakagima descolou o total de 10.83 pontos para passar atrás de Pedro Henrique, autor de 11.53.

O capixaba Rafael Teixeira foi o único brasileiro eliminado na primeira fase. Rafael totalizou 11.67 pontos, contra 13.90 do australiano Yadin Nicol e 11.94 do norte-americano Kilian Garland.

A próxima chamada para avaliação das condições do mar acontece na madrugada desta terça-feira, às 2:45h (horário de Brasília).

Veja também
QS no Chile

QS no Chile

Tomas Tudela vence final peruana

QS no Chile

QS no Chile

Brazucas nas quartas

Qualifying Series

Qualifying Series

Gabriel André é vice

WSL South America

WSL South America

Start no calendário

Ballito Pro

Ballito Pro

Highlights das finais

Ballito Pro

Ballito Pro

Panda representa

Ballito Pro

Ballito Pro

Reta final

Jessé Mendes

Jessé Mendes

Passaporte carimbado

Ballito Pro

Ballito Pro

Brazucas em peso

Ballito Pro

Ballito Pro

Brazucas se adiantam

Ballito Pro

Ballito Pro

Miguel manda bem

Ballito Pro

Ballito Pro

Etapa poderosa

QS no Chile

QS no Chile

Premiação triplicada

Qualifying Series

Qualifying Series

Desafio em Java

QS 1.000

QS 1.000

Alex Ribeiro domina Cape Town