NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Ballito Pro
Brazucas se adiantam
Por Redação Waves em 05/07/17
Krystian Kymerson, Alejo Muniz e Jessé Mendes avançam à quarta fase do Ballito Pro.
Alejo Muniz, Ballito Pro 2017, África do Sul. Foto: © WSL / Cestari.
Alejo Muniz, Ballito Pro 2017, África do Sul. Foto: © WSL / Cestari.

O Ballito Pro teve sequência nesta quarta-feira, na África do Sul, com os duelos pendentes da segunda fase e os dois confrontos iniciais do round 3.

Entre os brasileiros, Alejo Muniz, Krystian Kymerson e Jessé Mendes mandaram bem na terceira fase e já estão entre os 24 melhores atletas da prova, que distribui 10.000 pontos no ranking do QS.

Campeão da etapa em 2014, Alejo abriu o round 3 com uma atuação expressiva, somando 7.83 e 7.03 para bater o sul-africano Michael February (2o), o francês Charly Martin e o japonês Hiroto Ohhara.

Na sequência, Krystian e Jessé fizeram uma bela dobradinha em Ballito, tirando da prova os franceses Jeremy Flores e Marc Lacomare.

O duelo foi vencido pelo capixaba, que está sem patrocínio e mais uma vez mostrou o seu grande talento. Com 6.00 e 7.67, Krystian avançou em primeiro, deixando Jessé - líder isolado do QS - em segundo com 6.67 e 6.43.

Nas baterias pendentes da segunda fase, o Brasil teve as classificações de Tomas Hermes, Yago Dora, Michael Rodrigues, Lucas Silveira, Samuel Pupo, Victor Bernardo, Heitor Alves e Willian Cardoso.

Destaque para a dobradinha entre os catarinenses Tomas e Yago, além das vitórias expressivas dos cearenses Michael e Heitor, que registraram 14.73 e 15.50 pontos, respectivamente.

"Estou aqui há um mês e tenho treinado muito nessa onda, então estou confiante e apenas tentando aproveitar lá fora", falou Heitor. "Saí de perto dos outros competidores e peguei as ondas que me deram a vitória, então funcionou!", comemorou o ex-top da elite mundial.

 

"Este evento é muito importante. Eu não sou patrocinado e tento escolher os melhores campeonatos para ter o menor custo possível. Então, vim para a África do Sul e agora passei a minha primeira bateria e estou feliz. Para mim, o Tour começa agora e estou focado em conseguir um bom resultado que me levará ao topo do ranking do QS", finalizou o cearense.

Também venceram suas baterias Willian Cardoso e Victor Bernardo, enquanto Lucas e Samuel avançaram em segundo.

As baixas do dia foram Thiago Camarão, Hizunomê Bettero, Bino Lopes, Ian Gouveia e Alex Ribeiro. Outros eliminados foram Pedro Henrique, brasileiro naturalizado português, e Santiago Muniz, argentino criado no Brasil.

Já garantido na terceira fase, Miguel Pupo teve folga nesta quarta-feira, bem como Vicente Romero (brazuca naturalizado espanhol) e Marco Giorgi, uruguaio radicado no Brasil.

Veja também
QS no Chile

QS no Chile

Tomas Tudela vence final peruana

QS no Chile

QS no Chile

Brazucas nas quartas

Qualifying Series

Qualifying Series

Gabriel André é vice

WSL South America

WSL South America

Start no calendário

Ballito Pro

Ballito Pro

Highlights das finais

Ballito Pro

Ballito Pro

Panda representa

Ballito Pro

Ballito Pro

Reta final

Jessé Mendes

Jessé Mendes

Passaporte carimbado

Ballito Pro

Ballito Pro

Brazucas em peso

Ballito Pro

Ballito Pro

Miguel manda bem

Ballito Pro

Ballito Pro

Jessé brilha na estreia

Ballito Pro

Ballito Pro

Etapa poderosa

QS no Chile

QS no Chile

Premiação triplicada

Qualifying Series

Qualifying Series

Desafio em Java

QS 1.000

QS 1.000

Alex Ribeiro domina Cape Town