NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Billabong Pro Tahiti
Wiggolly volta à briga
Por Redação Waves em 12/08/17
Wiggolly Dantas supera repescagem e segue vivo no Billabong Pro Tahiti. Jadson, Miguel e Ibelli estão fora.
1200x801
Jadson André perde para Michel Bourez em duelo equilibrado. Foto: © WSL / Cestari.

 

O paulista Wiggolly Dantas foi o único brasileiro que superou a repescagem do Billabong Pro Tahiti, neste sábado, em Teahupoo. 

 

Na última bateria do dia, Guigui e o havaiano Ezekiel Lau demoraram quase 15 minutos para pegar uma onda, mas o brasileiro manteve a tranquilidade e conseguiu derrotar Lau pelo placar de 12.57 a 8.03.

 

Agora, Guigui faz o duelo brasileiro contra Adriano de Souza na terceira bateria do round 3.

 

980x654
Wiggolly Dantas segue vivo na briga pelo título do Billabong Pro. Foto: WSL / Poullenot.

 

Mas o sábado começou mal para os brasileiros na repescagem do evento válido como sétima etapa do CT.  

 

Em boas ondas de até 2 metros, Jadson André, Miguel Pupo e Caio Ibelli perderam em suas respectivas baterias e acabaram eliminados da competição.

 

Filipe Toledo, que na sexta-feira havia sido derrotado pelo australiano Ethan Ewing, também é outro brasileiro fora da briga pelo título.

 

Na sexta bateria da repescagem, o potiguar Jadson André chegou a fazer bonito na disputa contra o taitiano Michel Bourez.

 

Com muita técnica, Jadson arrancou 8.77 em uma sequência de tubos. Foi a maior nota da bateria, mas Michel foi mais consistente e venceu com notas 7.07 e 7.90, deixando o brasileiro precisando de 6.20 para virar o placar.

 

Nas baterias seguintes, poucas chances para Miguel Pupo e Caio Ibelli. Em duelos com séries demoradas, Miguel perdeu para o havaiano Sebastian Zietz por 11.50 a 2.67, enquanto Ibelli foi derrotado pelo norte-americano Kanoa Igarashi por 10.53 a 5.60.

 

O francês Jeremy flores cravou a maior nota da competição até o momento, 9.77 (vídeo abaixo), em um canudo na vitória sobre o havaiano Leonardo Fioravanti. Jeremy já havia anotado um 9.00, e Leonardo respondido com 9.23 na melhor bateria até o momento do Billabong Pro.

 

 

A terceira fase segue na água e as 12 baterias do round serão disputadas neste sábado. Com previsão de ondas fracas para o início da próxima semana e fortes ventos se aproximando do Taiti daqui a 7 dias, a WSL pretende encerrar o evento neste domingo. 

 

Além de Wiggolly, os brasileiros Adriano de Souza, Ítalo Ferreira, Ian Gouveia e Gabriel Medina seguem vivos na disputa. 

 

Clique aqui para ver o evento ao vivo.

 

1000x494
 

 

1007x500
 

 

Veja também
Vídeo mais assistido

Vídeo mais assistido

WSL ganha na audiência

Jordy Smith

Jordy Smith

Palavras do líder

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Highlights das finais

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Fotos das finais

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Medina é vice em Teahupoo

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Medina é 10

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Brazucas ao ataque

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Brasileiros no quinto round

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Confira direto de Teahupoo

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Highlights do segundo dia

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Fotos do segundo dia

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Wiggolly e Medina na briga

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Medina vira no fim

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Confira ao vivo direto de Teahupoo

Billabong Pro Tahiti

Billabong Pro Tahiti

Highlights do primeiro dia