NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Hurley Pro
Medina estreia com vitória
Por Redação Waves em 11/09/17
Gabriel Medina passa pela primeira fase do Hurley Pro em Trestles, Califórnia (EUA).
1400x833
Gabriel Medina supera estreia em Trestles, Califórnia (EUA). Foto: WSL / Morris.

 
O brasileiro Gabriel Medina fez uma boa estreia nas pequenas ondas de Lower Trestles e avançou direto à terceira fase do Hurley Pro 2017, oitava etapa do Championship Tour.

Sempre elétrico e buscando ditar o ritmo no outside, Medina mandou 5.67 na primeira onda e acertou um belo aéreo rodando de frontside para conseguir a melhor nota do confronto (8.00) e dificultar as ações dos adversários.

O californiano Nat Young e o australiano Adrian Buchan lutaram pela virada, mas não conseguiram impedir a vitória de Medina.

Nos instantes finais, Nat chegou a assustar o brasileiro com uma boa direita, mas a nota 6.60 não foi suficiente para a virada.

Depois de Adriano de Souza abrir a prova vencendo um duelo 100% brasileiro contra Miguel Pupo e Wiggolly Dantas, os brasileiros sofreram algumas derrotas em Trestles.

Na segunda bateria, o australiano Julian Wilson achou duas boas ondas e bateu Caio Ibelli e Jadson André, que perderam precisando de 7.20 e 7.70, respectivamente.

No quinto duelo do dia, Italo Ferreira e John John Florence travaram uma batalha eletrizante. O brasileiro mandou 8.50 na primeira onda, enquanto o atual campeão mundial descolou 9.07 na segunda depois de arrepiar uma direita. Italo liderou o placar com 6.80 na segunda melhor onda, trocando por 7.40 na seguinte.

Porém, o havaiano precisava de 6.83 para virar e já tinha chegado perto com 6.60, até conseguir a virada com 7.00 pontos na última onda. Dois juízes não deram a virada, mas os outros três avaliaram bem a onda do havaiano, que bateu ainda o wildcard Hiroto Ohhara, terceiro colocado com 7.00 e 5.40.

Outro brasileiro que caiu para a repescagem foi Ian Gouveia. Defensor do título da etapa e atual líder do ranking, o sul-africano Jordy Smith arrancou uma nota 9.50 logo na primeira, desequilibrando o duelo. Mesmo sem conseguir ampliar muito a vantagem, terminando a bateria com 3.73 na segunda melhor onda, Jordy conseguiu avançar direto à terceira fase, deixando Ian em segundo com 4.43 e 6.27, seguido pelo wildcard Evan Geiselman, autor de 4.43 e 5.33.

O round 3 segue em ação nas ondas de Lowers e o único brasileiro que ainda não estreou foi Filipe Toledo, escalado na nona bateria contra o francês Joan Duru e o italiano Leonardo Fioravanti.

Veja a nota 8.00 de Gabriel Medina:


Veja a nota 9.50 de Jordy Smith:

Veja também
Hurley Pro

Hurley Pro

Highlights das finais

Hurley Pro

Hurley Pro

Fotos das finais

Hurley Pro

Hurley Pro

Filipe é campeão

Hurley Pro

Hurley Pro

Filipe na final

Hurley Pro

Hurley Pro

Filipinho na semi

Lower Trestles

Lower Trestles

Fotos da quinta-feira

Hurley Pro

Hurley Pro

Confira direto de Trestles

Hurley Pro

Hurley Pro

Mineiro cai nas quartas

Hurley Pro

Hurley Pro

Jadson em nono

Hurley Pro

Hurley Pro

Filipinho inspirado

Hurley Pro

Hurley Pro

Kanoa bate Mick

Hurley Pro

Hurley Pro

Mineiro nas quartas

Mick x Kanoa

Mick x Kanoa

WSL repete bateria

Hurley Pro

Hurley Pro

Filipinho aceso

Hurley Pro

Hurley Pro

Jadson bate Medina

Rip Curl Pro

Rip Curl Pro

Evento garantido até 2022