Filipe Toledo
WSL estuda punição
Por Ader Oliveira em 13/05/17
Comissário da World Surf League comenta fúria de Filipe Toledo depois de revés na terceira fase; pai do atleta questiona decisão dos juízes.
2048x1365
Filipe Toledo pode ser punido pela WSL. Foto: WSL / Poullenot.

 

A fúria de Filipe Toledo depois da derrota para o norte-americano Kanoa Igarashi pode render uma punição ao Top da elite mundial.

 

Filipe saiu da água indignado com uma interferência aplicada pelos juízes logo na primeira onda, fazendo com que o atleta passasse a computar apenas 50% da sua segunda melhor nota.

 

O brasileiro remou com intenção de surfar a direita, enquanto Kanoa investiu na esquerda. Na avaliação dos juízes, a onda tinha potencial para os dois lados, mas o norte-americano fez a curva primeiro - definindo a esquerda a seu favor - e foi atrapalhado pelo adversário, o que ocasionou uma interferência de Filipe (leia a regra no rodapé da reportagem). 

 

Com poucas ondas surgindo no horizonte e em situação delicada, o brasileiro até tentou reverter a situação, mas suas notas 2.84 (metade de 5.67) e 5.73 não foram suficientes para impedir a vitória de Kanoa, que venceu com 5.33 e 6.40.

 

Furioso com a decisão dos juízes, o brasileiro saiu da água e foi ao palanque reclamar com a comissão técnica, mas foi contido por um segurança, o que deu início a um tumulto.

  

No Instagram, o pai do atleta, Ricardo Toledo, também questionou a decisão dos juízes. “A regra de interferência diz que o atleta tem que lesar o potencial de pontos do outro! Onde o Kanoa foi atrapalhado? Indignação! Essa é a palavra… Reciclagem é o que esperamos!”, escreveu em seu primeiro post. “Se este critério de julgamento continuar, o surf estará bem longe de ser um esporte olímpico! Infelizmente… As regras são aplicadas de acordo com a subjetividade dos juízes”, postou em seguida.

 

Em entrevista ao Globo.com, o brasileiro Renato Hickel, comissário do Championship Tour, revelou que Filipinho pode ser punido. “O diretor disciplinar vai decidir quais artigos ele infringiu. Ele prejudicou a imagem do surfe tremendamente, estava a imprensa presente, patrocinadores e o CEO do patrocinador oficial do campeonato, que estava aqui fazendo um Tour nesta hora. Prejudicou a imagem do esporte como um todo, esse é um ponto. Gritou dentro da área profissional, invadiu área dos juízes, outra infração. Pode acontecer suspensão pro Filipe? Pode. O caso dele é bem sério, ele foi muito agressivo, antiprofissional, quebrou e infringiu várias regras do código disciplinar da WSL. É um caso bem sério o do Filipe”, disse Hickel ao Globo.com.

Entenda o artigo 148.03 do livro de regras da WSL

"Se não for possível determinar se uma onda é uma esquerda e uma direita na área de drop inicial, e houver um pico bem definido com uma esquerda e uma direita disponíveis, o direito de passagem será do primeiro surfista que fizer uma curva definida na direção escolhida (a execução da curva deve ser óbvia para a esquerda ou direita). Desde que não interfira com o primeiro surfista que estabeleceu o direito de passagem, um segundo surfista poderá optar pela direção oposta (mas não poderá cruzar o caminho do primeiro surfista para atingir o lado oposto do pico, a menos que, na opinião dos juízes, isso seja executado sem prejuízo do surfista com a posição de inside)." 


Veja como foi a bateria

Veja também
Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Mineiro e Yago na semi

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Mineiro na final

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Mineiro é campeão

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Yago derrota Medina

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Confira direto de Saquarema

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Duelo badalado

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Guigui quer a taça

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Tops de folga

Filipe Toledo

Filipe Toledo

Top sofre punição

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

À espera do swell

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Folga garantida

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Mineiro nas quartas

Oi Rio Women's Pro

Oi Rio Women's Pro

Tyler soberana

Oi Rio Women's Pro

Oi Rio Women's Pro

Semis definidas

Oi Rio Pro

Oi Rio Pro

Liderança ameaçada