NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Open J-Bay
Domingo frustrante
Por Redação Waves em 16/07/17
Jordy Smith e Matt Wilkinson vencem as únicas baterias do domingo em Jeffreys Bay, África do Sul; WSL paralisa competição devido às ondas inconsistentes.
1400x831
Matt Wilkinson supera Michael February na repescagem em Jeffreys Bay, África do Sul. Foto: © WSL / Cestari.

 

O domingo contou com apenas duas baterias na repescagem do Corona Open J-Bay, etapa do Championship Tour que acontece em Jeffreys Bay, África do Sul.

A expectativa era de ótimas ondas, mas as condições do mar deixaram a desejar. Além de perder força, o swell ficou bastante inconsistente, com poucas séries entrando na bancada.

Na primeira bateria do dia, Jordy Smith teve muita dificuldade para superar o compatriota Dale Staples, que descolou a melhor nota do confronto (6.50) logo na primeira onda, e viu Jordy assumir a liderança com 4.67 e 6.00.

Faltando pouco mais de dois minutos para o término, Staples buscava 4.17 e tentou a virada, mas os juízes deram 3.77 ao vencedor da triagem.

"Foi muito estressante lá fora e, para ser sincero, ele (Staples) é provavelmente o cara mais mortal em toda a chave de baterias", falou Smith. "Eu tive sorte porque ele não conseguiu a virada. Procurei pegar duas ondas. Não tivemos muitas séries, mas estou feliz por fazer a minha parte. Embora sejamos grandes amigos, todos querem vencer. É chato enfrentar Dale numa bateria, mas tenho certeza de que ele terá mais oportunidades", finalizou o sul-africano.

1400x853
Jordy Smith escapa de virada nos minutos finais Foto: © WSL / Cestari.

 
Dale Staples também comentou a bateria. "É sempre difícil surfar contra Jordy, um dos meus surfistas prediletos. Seria legal ter algumas ondas melhores e proporcionar um show a todos. Cheguei um pouco perto no fim, o que é meio frustrante. É ótimo surfar boas ondas contra os melhores surfistas do mundo - essa é a diferença entre o CT e o QS. Isso me deixa mais faminto para vencer", concluiu o vencedor da triagem local.

Outro wildcard eliminado foi Michael February. Na segunda e última bateria do dia, o sul-africano abriu muito bem, com 7.00 pontos, mas teve dificuldade para ampliar o somatório e foi superado pelo australiano Matt Wilkinson, autor de 6.17 e 6.93.

 

"Mikey tem surfado muito bem nos últimos dias, então estou amarradão por conseguir a vitória", contou Wilko. "Quando a maré está cheia, você fica perto dos corais, então estou feliz por finalizar a bateria intacto e pronto para o round 3. Seria inacreditável vencer este evento. Tive um terceiro aqui quando as ondas estavam bombando, então sei que posso conseguir notas altas quando as ondas estão boas. Acho que tenho de bater Mick (Fanning) aqui - ele parece ser o único que tira os goofies. A velocidade da onda aqui faz com que seja complicado conseguir pontos de backside, então você tem de encontrar um balanço entro velocidade e manobras", encerrou o líder do ranking.

1400x876
Michael February cai na repescagem. Foto: © WSL / Cestari.

 
Eliminado da prova, Michael February falou sobre a batalha. "Foi divertido surfar contra Matt, ele não é o número 1 à toa", elogiou. "Nossa bateria foi divertida no início, mas aí as séries ficaram escassas. Continuo feliz e curti isso. Tem sido o meu melhor início de ano e isso aumenta muito a minha confiança. Foi um bônus, então estou focado no restante da temporada. É muito legal ter este evento na África do Sul e isso nos dá motivação em busca da classificação ao CT", falou Michael.

Ao término da bateria, a WSL optou por paralisar a competição e até promoveu uma nova chamada mais tarde, mas as condições do mar não melhoraram. "Infelizmente o swell não se materializou e ainda está bem inconsistente, então não vamos fazer mais nenhuma bateria hoje", explicou o comissário Kieren Perrow. "Voltaremos amanhã de manhã e as coisas ainda parecem muito promissoras. Estamos empolgados para ver o que os próximos dias trarão para J-Bay".

A próxima chamada acontece nesta segunda-feira, às 2:30h da madrugada (horário de Brasília).

1019x501
Veja também
Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

Fotos das finais

Open J-Bay

Open J-Bay

Filipinho imbatível

Open J-Bay

Open J-Bay

Brasil x Portugal

Open J-Bay

Open J-Bay

Medina em terceiro

Open J-Bay

Open J-Bay

Filipinho eletrizante

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

Medina bate Mick

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

WSL paralisa etapa

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

Adrenalina no lineup

Frederico e John John

Frederico e John John

Duelo de gigantes

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

WSL reinicia duelo

Kelly Slater

Kelly Slater

Top lamenta contusão

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

Filipinho turbinado

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

Tubarão no outside

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

Medina nas quartas

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

Jordy levanta a torcida

Jeffreys Bay

Jeffreys Bay

Medina avança