NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Championship Tour
Taça cobiçada
Por Redação Waves em 25/10/17
Briga pelo título mundial ganha emoção com vitória de Gabriel Medina em Portugal; confira as chances matemáticas dos candidatos ao título.
1400x933
Gabriel Medina é o novo vice-líder do ranking e pode garantir a taça chegando às quartas de final em Pipeline, a depender do desempenho de John John Florence. Foto: WSL / Poullenot.

 

Com a vitória de Gabriel Medina no Rip Curl Pro Portugal, encerrado nesta quarta-feira, a disputa pelo título mundial ganha ainda mais emoção em Pipeline, palco da última etapa entre 8 e 20 de dezembro.

O brasileiro ultrapassou o sul-africano Jordy Smith e assumiu a vice-liderança do ranking, podendo garantir a taça até se chegar às quartas de final em Pipe, a depender do desempenho de John John, que descarta um 13o lugar.

Jordy também permanece com chance, bem como Julian Wilson, mas ambos precisam chegar à final e torcer pelo tropeço dos adversários. A Julian só resta a vitória, enquanto o sul-africano pode levar a taça ficando em segundo em Pipeline, caso Medina e John John não obtenham grandes resultados.

Para não dar chance aos adversários, John John precisa chegar à final em Pipe. Se for terceiro ou quinto, Medina precisará da vitória.

Caso o havaiano termine em nono lugar, Medina precisará chegar no mínimo à final e Jordy Smith terá de vencer a prova.

Perdendo na repescagem ou no round 3, o havaiano será ultrapassado se Medina chegar às quartas, Jordy à final ou Julian vencer a etapa.

1400x933
Brasileiro fecha a perna europeia com duas vitórias. Foto: WSL / Poullenot.

 
Confira as chances matemáticas dos candidatos ao título:

Julian Wilson

Precisa vencer a etapa e torcer para John John não passar da terceira fase, Jordy Smith não chegar à final e Gabriel Medina não chegar às quartas.

Jordy Smith

Precisa chegar à final. Se for segundo, Gabriel Medina não pode chegar à semifinal e John John não pode passar pela terceira fase. Vencendo em Pipe, o sul-africano precisa torcer para Medina perder antes da final e John John não chegar às quartas.

Gabriel Medina

Se chegar às quartas de final, John John não pode passar pela terceira fase e Jordy Smith não pode ser finalista;

Se for à semi, John John não pode passar pela terceira fase e Jordy Smith não pode vencer a etapa;

Se for vice-campeão, John John não pode chegar às quartas;

Se vencer a etapa, John John não pode ser o vice.

John John Florence

Se for finalista em Pipeline, garante o título mundial;

Se ficar em terceiro ou quinto, Gabriel Medina não pode vencer a etapa;

Se for nono colocado, Gabriel Medina não pode ser finalista e Jordy Smith não pode vencer a etapa;

Caso o havaiano perca na repescagem ou round 3, Medina não pode chegar às quartas, Jordy Smith não pode ser finalista e Julian Wilson não pode vencer a prova.

Veja também
Billabong Pipe Masters

Billabong Pipe Masters

Tops seguem de folga

Billabong Pipe Masters

Billabong Pipe Masters

Dusty leva triagem

Billabong Pipe Masters

Billabong Pipe Masters

Dia de folga

Billabong Pipe Masters

Billabong Pipe Masters

Apostas abertas no Havaí

Billabong Pipe Masters

Billabong Pipe Masters

Fotos da triagem

Pipe Invitational

Pipe Invitational

Confira direto de Pipeline

Billabong Pipe Masters

Billabong Pipe Masters

Sedentos pela taça

Billabong Pipe Masters

Billabong Pipe Masters

Swell marcha para Oahu

Novidades no Tour

Novidades no Tour

WSL divulga calendário

Championship Tour

Championship Tour

Ranch entra no calendário

Billabong Pipe Masters

Billabong Pipe Masters

Slater está de volta

Renato Hickel

Renato Hickel

Mudanças no Tour

World Surf League

World Surf League

Pay Per View à vista?

Rip Curl Pro Portugal

Rip Curl Pro Portugal

Fotos das finais

Rip Curl Pro Portugal

Rip Curl Pro Portugal

Medina no topo