NOTÍCIAS WAVESCHECK MENU
Bodysurfing
Kalani desbanca locais
Por Verônica Souza em 13/09/17
Kalani Lattanzi supera locais para conquistar campeonato de bodysurfing em Puerto Escondido, México.
1224x918
Kalani Lattanzi (à esq.) com os finalistas do campeonato de bodysurfing em Puerto Escondido. Foto: Divulgação.

 

A história de Kalani Lattanzi e os fortes tubos de Puerto Escondido, no México, ganhou mais um capítulo na última semana, quando ele venceu o campeonato de bodysurfing local que reuniu 32 atletas de várias partes do mundo.

 

Também foi por lá que, em 2015, Kalani surfou a onda apontada por muitos como "a maior onda já surfada por um bodyboarder". Entrosado com as ondas do paraíso do surfe mexicano, ele comemorou o feito.

1280x677
Vitória foi alcançada em ondas de até 1 metro. Foto: Divulgação.

"Foi um dia de mar menor, com ondas de 1 metro mais ou menos, mas vencer em Puerto Escondido é sempre especial porque é uma onda muita forte e, pra mim, uma das melhores do mundo. No campeonato, aproveitei bem o mar e consegui avançar. Foi muito irado e fui feliz com o primeiro lugar", diz Lattanzi.

No pódio, os locais Barchi Quadros e Godofredo, salva-vidas e um dos idealizadores da competição, juntaram-se a Kalani na segunda e terceira colocação, respectivamente.

"O Barchi era mesmo um dos favoritos, ele é da nova geração e pega muita onda e o 'Godo' também conhece bem a praia. Com um nível tão alto, é ainda mais gratificante conseguir ser campeão aqui", avalia.

Kalani desembarcou em Puerto Escondido no mês passado depois de ter sido campeão mundial de handsurf em Itacoatiara. Ele segue nas ondas mexicanas para competir e aperfeiçoar as suas manobras por, pelo menos, mais algumas semanas. A bagagem, cheia de experiência de uma das maiores ondas do mundo, agora já conta também com um troféu.

Tremor sentido no dia da final Na última sexta-feira, durante a final do campeonato, Kalani e os demais atletas sentiram a força do terremoto de 8,1 graus na escala Richter, que atingiu o México e especialmente o estado de Oaxaca.

 

Apesar de perceber o tremor, Kalani contou que Puerto Escondido não sofreu os impactos do fenômeno natural e que todos os atletas estão bem.

Veja também
Municipal de Imbé

Municipal de Imbé

Pedrinha rouba a cena

Circuito Medina/ASM

Circuito Medina/ASM

Highlights dos campeões

Mundial de Surfe Adaptado

Mundial de Surfe Adaptado

Jonathan vai com tudo

A Tribuna Colegial

A Tribuna Colegial

Adélia faz a festa

Baiano Amador

Baiano Amador

Arembepe recebe etapa

SC Interassociações

SC Interassociações

Título fica em casa

Medina/ASM

Medina/ASM

Circuito define campeões

SC Interassociações

SC Interassociações

Contagem regressiva em Balneário

A Tribuna Colegial

A Tribuna Colegial

Trio compete na raça

Municipal de Imbé

Municipal de Imbé

Abertura na Guarita Central

Circuito Medina/ASM

Circuito Medina/ASM

Em busca do melhor

ASN Nova Geração

ASN Nova Geração

Inscrições abertas em Niterói

Circuito Medina/ASM

Circuito Medina/ASM

Garotada eleva o nível

Nova Geração

Nova Geração

Campeões definidos na Prainha

Circuito Medina/ASM

Circuito Medina/ASM

Parceira turbina premiação

A Tribuna Colegial

A Tribuna Colegial

Domingão de aula