Hang Loose Surf Attack
Mottinha chega forte
Por Fábio Maradei em 14/06/17
Hang Loose Surf Attack começa nesta quinta-feira (15/6), em Ubatuba, e guarujaense Eduardo Motta é um dos destaques.
1024x682
Eduardo Motta é um dos destaques da abertura do Hang Loose Surf Attack. Foto: Munir El Hage.

 

Campeão em quatro das cinco categorias em disputa e com ainda 15 anos de idade, o guarujaense Eduardo Motta é, sem dúvida, um dos grandes destaques do Nossolar apresenta Hang Loose Surf Attack 2017, o mais tradicional circuito nas categorias de base no país.

 

A partir desta quinta-feira (15/6), ele tenta chegar a uma marca histórica buscando novas conquistas, incluindo a categoria Junior (até 18 anos), a única que falta em sua galeria de títulos. Apesar de iniciar agora o seu ciclo oficialmente na Mirim (no máximo 16 anos), Mottinha já faturou o troféu nesta categoria em 2015, com duas temporadas de antecedência. No ano passado, foi o melhor da iniciante (Sub 14) e antes, já havia erguido os canecos na Estreante (limite de 12 anos) e na Petit (10 anos para baixo).

 

1024x768
Mottinha é campeão em quatro das cinco categorias em disputa no Circuito. Foto: Munir El Hage.

“Esse é o primeiro ano oficialmente na mirim e vou tentar o bicampeonato, com certeza, e também vou correr a Junior”, destaca. “O Hang Loose é um campeonato muito forte, onde sempre melhoramos, por competir com os melhores. Espero começar bem o Circuito. Gosto muito de competir em Itamambuca, por ser uma onda mais forte e não tão gordas. Sempre vou bem lá”, comenta o surfista da Prainha Branca, que nas disputas sempre tem a companhia dos pais, Valclei e Tatiane, e é orientado pelo experiente técnico Paulo Kid.


Outro nome que chama a atenção no Circuito é Ryan Kainalo, atual bicampeão paulista Petit, o único competidor com 100% de aproveitamento em 2016. O atleta de 11 anos é filho do experiente surfista Alex Miranda e busca mais uma conquista, agora na Estreante. Natural de São Paulo, treina em Ubatuba e tem a vivência de várias viagens ao Havaí, acompanhado pelo pai.

1024x682
Ryan Kainalo, atual bicampeão paulista Petit, o único competidor que teve 100% de aproveitamento em 2016. Foto: Munir El Hage.

 

1024x682
Alax Soares, de Guarujá, é um dos principais nomes na Junior. Foto: Munir El Hage.

Além deles, o evento conta com vários surfistas que podem brilhar. Na Junior, o principal nome é o também guarujaense Alax Soares, que defende o título estadual. A cidade ainda conta com Luan Hanada e Giovane Pontes na lista dos cotados. Ubatuba será bem representada por Gabriel Ramos, enquanto que seu xará, Gabriel Nieba é mais um candidato ao primeiro lugar, representando Praia Grande. A relação de favoritos também conta com João Pedro Costa, de São Sebastião.


Na Mirim, Mottinha divide as chances de erguer a taça com Caio Augusto e Luan Hanada, também de guarujá, os ubatubenses Daniel Adisaka e Diego Aguiar, o santista Vinicius Parra e os sebastianenses Fernando John John e Kauê Germano. Na Iniciante, o principal nome é Caio Costa, de São Sebastião, em busca do bicampeonato. Ele tem como adversários diretos Gustavo Giovanardi, de Praia Grande, Diego Aguiar, Ryan Kainalo e Gabriel de Souza, por Ubatuba, Derek Matos, filho do conhecido Amaro Matos, de Guarujá, George Alves, de Santos e Rordigo Saldanha, também representando São Sebastião.

 

Ao vivo - Fora do mar, o evento contará com várias atividades de lazer para a garotada, nas tendas montadas ao lado do palanque. A competição começa quinta-feira, às 8 horas, e todas as disputas serão transmitidas ao vivo pela internet, acessando aqui. Serão três dias de evento, reunindo 230 competidores, com as finais marcadas para o sábado.


O evento - O Nossolar Construtora apresenta Hang Loose Surf Attack 2017 tem a organização da Federação Paulista de Surf, com patrocínios de Overboard Action Sports Store, Surftrip, Super Tubes e Hot Water. Copatrocínios de Rhyno Foam, CT Wax. Apoios: Governo do Estado de São Paulo, prefeituras de Santos, Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, Associação Santos de Surf, Associação de Surf de Guarujá, Associação de Surf de São Sebastião e Associação Ubatuba de Surf. Divulgação: Waves e FMA Notícias.

Veja também
Hang Loose Surf Attack

Hang Loose Surf Attack

Campeões coroados

Hang Loose Surf Attack

Hang Loose Surf Attack

Atuação fulminante

Hang Loose Surf Attack

Hang Loose Surf Attack

Itamambuca movimentada

Hang Loose Surf Attack

Hang Loose Surf Attack

Grommets travam duelos

Hang Loose Surf Attack

Hang Loose Surf Attack

Três dias de disputas

Hang Loose Surf Attack

Hang Loose Surf Attack

Largada em Itamambuca